NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A Boeing e a Embraer chegaram a um acordo para uma parceria. Nascerá uma nova empresa, que será detida em 80% pela americana. Para isso, a Boeing vai desembolsar 3,8 mil milhões de dólares.

A Boeing e a Embraer chegaram a um acordo com vista à fusão de operações das duas empresas, num negócio que avalia a Embraer em 4,75 mil milhões de dólares.

 

A empresa que será criada através desta joint-venture será detida em 80% pela Boeing e em 20% pela Embraer. A americana pagará 3,8 mil milhões de dólares para ficar com esta posição, revelaram as empresas em comunicado.

 

A declaração conjunta salienta que o acordo não é vinculativo e que "que contempla os negócios e serviços de aviação comercial da Embraer, estrategicamente alinhada com as operações de desenvolvimento comercial, produção, marketing e serviços de suporte da Boeing."

 

A Boeing prevê que o impacto desta operação se reflicta nos resultados de 2020 e que se consigam sinergias nos custos em cerca de 150 milhões de euros "até ao terceiro ano".

 

Os detalhes financeiros desta operação ainda não estão fechados, salientam as empresas, que adiantam que as negociações vão prosseguir "nos próximos meses". As empresas prevêem que, após a aprovação das autoridades, a operação poderá estar "fechada até o final de 2019, ou seja, entre 12 a 18 meses após a execução dos acordos definitivos."

 

A nova empresa terá sede no Brasil. "A Boeing terá o controlo operacional e de gestão da nova empresa, que responderá directamente a [Dennis] Muilenburg", presidente da Boeing.


Esta parceria vai tornar-se num dos "centros de excelência da Boeing para o desenvolvimento de projectos, fabrico e manutenção de aeronaves comerciais de passageiros e será totalmente integrada à cadeia geral de produção e fornecimento da Boeing", salienta o comunicado conjunto.

A Embraer está presente em Portugal com uma fábrica em Évora, uma operação que deverá ser detida por esta nova companhia.

Partilhar