NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Millennium bcp anunciou hoje que vai lançar medidas de apoio aos comerciantes, numa "fase crítica de diminuição da atividade económica" devido à pandemia de Covid-19, como a isenção do pagamento de comissões nos pagamentos com multibanco.

"O Millennium bcp vai eliminar a comissão mínima aplicada nas transações realizadas nos TPA (Terminais de Pagamento Automático) através da Rede Multibanco. Esta medida incentivará os comerciantes a aceitarem mais transações multibanco, nomeadamente de baixos montantes, reduzindo assim o manuseamento de moeda física", informou a entidade bancária, em comunicado.

 

O banco diz ainda que vai suspender a cobrança da mensalidade do TPA para comerciantes que encerrem a atividade por dificuldades temporárias, bem como a cobrança da taxa de taxa de serviço ao comerciante por aceitação de pagamentos por MBWay, "por forma a permitir o pagamento com a simples utilização do telemóvel do cliente e para procurar evitar o manuseamento de moeda física".

 

Estas medidas, esclarece, vão ser lançadas "nos próximos dias" e aplicadas por um período de três meses, até 30 de junho.

O coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou cerca de 170 mil pessoas, das quais 6.850 morreram.

Das pessoas infetadas em todo o mundo, mais de 75 mil recuperaram da doença.

 

O surto começou na China, em dezembro, e espalhou-se por mais de 140 países e territórios, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

 

Em Portugal há 331 pessoas infetadas até hoje, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS), e a primeira morte registou-se na segunda-feira, tratando-se de um homem de 80 anos, com "várias patologias associadas" que estava internado há vários dias no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convocou uma reunião do Conselho de Estado para quarta-feira, para discutir a eventual decisão de decretar o estado de emergência.

 

Portugal está em estado de alerta desde sexta-feira, e o Governo colocou os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

 

Entre as medidas para conter a pandemia, o Governo suspendeu as atividades letivas presenciais em todas as escolas a partir de hoje, e impôs restrições em estabelecimentos comerciais e transportes, entre outras.

 

O Governo anunciou também na segunda-feira o controlo de fronteiras terrestres com Espanha, passando a existir nove pontos de passagem e exclusivamente destinados para transporte de mercadorias e trabalhadores que tenham que se deslocar por razões profissionais.

Partilhar