NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Foram aprovadas medidas fiscais adicionais para aumentar o investimento privado em 10 zonas económicas especiais (ZEE) e no principal corredor económico oriental (CEE). Estas novas medidas fiscais passam pelo restabelecimento do imposto de renda corporativo e a dedução fiscal para empresas privadas que contribuem ou doam para institutos de desenvolvimento de recursos humanos da CEE focados na Indústria 4.0.

Os investidores interessados devem-se registrar no Ministério das Finanças até 31 de dezembro do presente ano.

 

Mais informações aqui.

Partilhar