NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e outras instituições financeiras de desenvolvimento (DFI) usaram 1,2 mil milhões de fundos concessionais para apoiar quase 9 mil milhões de dólares em projetos de investimento em mercados emergentes, um deles Moçambique.

De acordo com um relatório preparado pelo grupo de trabalho de 23 destas instituições financeiras sobre a concessão de financiamento misto para projetos do setor privado, este tipo de ajuda financeira é muito importante para mobilizar os investimentos do setor privado, reduzindo o risco nos investimentos e atenuando as dificuldades de investir em mercados ainda em desenvolvimento.

 

"Em 2017, os projetos financiados por DFI com um volume total de 8,8 mil milhões de dólares usaram aproximadamente 1,2 mil milhões de dólares de fundos concessionais e quase 4 mil milhões em recursos próprios destas instituições", lê-se no documento, que especifica que o financiamento do setor privado nestes projetos ultrapassou os 3,3 mil milhões de dólares.

Partilhar