NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Em junho, também uma empresa portuguesa chegou a acordo com a BMW para desenvolver tecnologia a pensar nos carros autónomos. A multinacional Critical Software e a BMW anunciaram então a criação da joint venture Critical TechWorks para lançar o "carro do futuro".

O construtor automóvel alemão BMW anunciou esta terça-feira, 10 de julho, que formará uma parceria com a chinesa Baidu para desenvolver tecnologia de condução autónoma na China.

 

Os fabricantes automóveis têm investido cada vez mais no desenvolvimento da condução autónoma e o anúncio da parceria ocorre precisamente na semana em que o primeiro-ministro da China Li Keqiang está na Alemanha, em visita de Estado.

 

“Fortes ligações entre os líderes automóveis e tecnológicas são a chave para o sucesso na corrida pela condução autónoma”, afirmou o membro do conselho de administração da BMW, Klaus Froehlich sobre a parceria com a Baidu.

 

A Baidu já tem a plataforma de condução autónoma Apollo e como parte do acordo, a BMW terá direito a um lugar na direção da Apollo,

 

A Baidu tem assinado acordos com algumas tecnológicas no ramo automóvel – mais de 100 de desde Julho de 2017 -, incluindo a fabricante norte-americana Ford Motor, a alemã Daimler e a Intel.

 

Portugal na corrida pelos automóveis autónomos

 

Em junho, a multinacional Critical Software e a BMW anunciaram a criação dajoint ventureCritical TechWorks para lançar o “carro do futuro”. O CEO da empresa de sistemas de informação considerou então o projeto “extraordinário”, fruto de um “sonho” conjunto de “construir o carro do futuro e os novos paradigmas da mobilidade” e transformar o setor. A nova empresa terá sede na cidade do Porto.

 

A nova joint venture prevê a digitalização de processos corporativos e aguarda agora a autorização da Autoridade da Concorrência, que deverá ser conhecida no próximo neste mês de julho. O valor do negócio não foi tornado público.

Partilhar