NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Com nove escritórios espalhados pelo mundo, a Exterity apresenta-se como empresa fornecedora líder em IPTV, sinalética digital e soluções de entretenimento para hotelaria, e promete criar duas dezenas de postos de trabalho no Porto.

A escocesa Exterity escolheu o Parque de Ciência e Tecnologia da Universidade do Porto (UPTEC) para instalar um centro de inovação complementar às suas instalações centrais de desenvolvimento tecnológico sediadas em Edimburgo, no Reino Unido.

 

"Com a explosão de novas empresas de tecnologia a que se assistiu nos últimos anos, o Porto tornou-se um centro de excelência no que respeita à inovação tecnológica, bem como um lugar aprazível para se viver e trabalhar", eis a justificação avançada por Mike Allan, CTO da Exterity, para escolha da companhia.

 

Com o objetivo de "expandir rapidamente" a sua equipa de criadores de software, a Exterity viu o Porto "como uma opção atrativa" para "alcançar esta meta" e capaz de lhe proporcionar "o acesso direto a talentos na área do software, bem como a um ambiente tecnológico favorável na UPTEC", afirma Allan, em comunicado.

Apresentando-se como fornecedora líder em IPTV (televisão por protocolo de internet), sinalética digital e soluções de entretenimento para hotelaria, a Exterity compromete-se a criar, até ao final do próximo ano, 20 postos de trabalho no seu novo centro de inovação no Porto.

 

Fundada em 2001, na Escócia, a Exterity tem escritórios em Londres, Nova Iorque, Paris, Joanesburgo, Dubai, Hong Kong, Singapura, Sidney e, agora, no Porto.

 

Com produtos implantados em mais de 50 países, garante, a Exterity afirma que, no ano passado, ganhou novos e relevantes clientes, entre os quais o Inglis Riverside Stables (Austrália), o New England Institute of Technology (Estados Unidos), o ParisLongchamp (França), o Saxon Hotel, Villas and Spa (África do Sul), o Six Senses Zinghy Bay (Omã) ou a Thomson Reuters India.

Partilhar