NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A empresa, cotada em Nova Iorque, apresentou níveis de crescimento robustos e os seus responsáveis afirmam que as expectativas foram ultrapassadas.

A plataforma de vendas online de artigos de luxo Farfetch encerrou o primeiro trimestre com um aumento de 44% em relação ao ano anterior em termos de volume de negócios, que ascendeu aos 415 milhões de dólares. Ao mesmo tempo, a receita cresceu 43% em relação ao ano anterior, enquanto os consumidores ativos cresceram 64%.

 

José Neves, Farfetch Fundador, CEO e co-presidente, disse que “a Farfetch teve um excelente crescimento no primeiro trimestre de 2019 e superou as nossas expectativas e, a certa distância, o crescimento do setor de artigos de luxo online, à medida que continuamos a ganhar quota de mercado”.

 

Além da forte execução operacional, “alcançámos alguns marcos estratégicos importantes que nos posicionam para um forte crescimento contínuo em 2020 e nos exercícios seguintes. Aí se incluiu o lançamento do Augmented Retail na nova boutique da Chanel em Paris. Também estamos entusiasmados por entrar no mercado de revenda de ténis e lançar a Farfetch na plataforma da JD.com, no meio das nossas recentes aquisições da Stadium Goods e da Toplife, ambas a caminho de serem operacionalmente integradas antes do previsto”, disse ainda.

 

No geral, “estamos muito bem posicionados para continuar a capturar parte das significativas oportunidades no mercado de artigos pessoais de luxo online”, concluiu José Neves, citado em comunicado oficial.

 

Elliot Jordan, CFO da Farfetch, disse, por seu turno e igualmente citado em comunicado, que “estou muito satisfeito com o forte início do ano, com os resultados do primeiro trimestre de 2019 a demonstrarem uma boa execução. O nosso rápido crescimento, que excede em muito o crescimento da indústria de luxo online, possibilita o investimento contínuo tanto no envolvimento do cliente a curto prazo, quanto no desenvolvimento da plataforma no longo prazo”.

Partilhar