NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Um hotel de charme com projecto do arquitecto Siza Vieira vai surgir em Estremoz pela recuperação da antiga Casa da Câmara ou Casa do Alcaide-Mor, edifício classificado como monumento nacional na zona do castelo, segundo informou à agência Lusa o sócio-gerente da empresa promotora.

Jorge Godinho disse que a empresa adquiriu o imóvel, do século XV e classificado como monumento nacional a 20 de Junho de 1924, mas que está em ruínas há décadas, à Câmara Municipal de Estremoz em hasta pública.

 

O projecto de arquitectura do hotel está a ser elaborado por uma equipa que integra os arquitectos Álvaro Siza Vieira e Carlos Castanheira, segundo o mesmo empresário, que indicou também que “há intenção de começar as obras no início de 2020”.

A empresa Barrocas Turismo e Lazer já adquiriu também os imóveis do quarteirão, desde a antiga Casa do Alcaide-Mor até à Capela da Rainha Santa Isabel.

 

Jorge Godinho explicou que o projecto envolve duas partes distintas, uma delas a construção de um pequeno hotel de charme, só com suites, na antiga Casa do Alcaide-Mor e outra a transformação das outras casas em villas turísticas, usufruindo os hóspedes de todos os serviços do hotel.

 

Para o avanço do empreendimento turístico, “o investimento é significativo”, disse o empresário, que se escusou no entanto a indicar o valor.

 

“Este é um projecto estruturante para a parte alta da cidade, junto ao castelo, procurando dar uma solução de qualidade para os imóveis e contribuir para a revitalização de toda aquela zona histórica de Estremoz”, realçou.

 

Segundo Jorge Godinho, até ao final deste mês vai ser feita uma apresentação pública do projecto, em colaboração com a Câmara Municipal de Estremoz.

Partilhar