NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Um dia depois de Francisco Lacerda abandonar a empresa, o principal acionista, Manuel Champalimaud, avança com um solução interna e escolhe um administrador não executivo para liderar a empresa.

O novo líder dos CTT será João Bento, até agora administrador sem funções executivas. A escolha foi feita por Manuel Champalimaud, o maior acionista individual da empresa. A notícia avançada pelo jornal digital "Eco" refere ainda que o novo presidente terá à sua espera três grandes tarefas: acelerar o processo de reestruturação do grupo, renegociar com o Estado o contrato de concessão do serviço postal e rentabilizar o Banco CTT.

 

Até junho, a nova equipa de gestão terá de dar início às negociações com o Governo para o estabelecimento de um novo contrato de concessão do serviço público postal. São já conhecidas as declarações públicas do ministro Pedro Nuno Santos, que tutela as Infraestruturas e a Habitação e que não rejeita uma reversão do processo de privatização e defende a abertura de uma estação de correios em todos os concelhos do país.

Partilhar