NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Acaba de ser editada a edição n°14 da revista Bilateral, o magazine da Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP), cujo tema é a situação económica portuguesa.

A revista existe desde 2009, mas estava desativada há cerca de três anos. No quadro da nova estratégia de reorganização interna da CCIFP, passa agora a ser editada pela equipa do LusoJornal.

 

“A Bilateral é uma revista importante para a nossa Câmara de Comércio porque ela deve servir de elo de ligação entre os associados da Câmara de Comércio, mas deve ser também a vitrina da Câmara de Comércio e do mundo dos negócios franco-portugueses” explica Carlos Vinhas Pereira, o presidente da CCIFP. “Era importante que a revista fosse reativada, e que tivesse uma publicação regular porque o universo dos negócios entre a França e Portugal é denso”.

 

A revista continua a ser distribuída junto dos membros e dos parceiros da Câmara de Comércio, mas pretende ter uma divulgação bem mais alargada. “Trata-se de uma revista de negócios e por conseguinte, seria uma pena se ficasse apenas num circuito de distribuição interno da Câmara de Comércio” diz Carlos Pereira, diretor da BIlateral. “A nossa função é precisamente a de lhe dar uma projeção para além da CCIFP”.

 

O tema desta primeira edição da “nova vida” da Bilateral é de atualidade. “Ainda há poucos anos, Portugal teve de recorrer à ajuda financeira externa, esteve sob tutela da Troika e hoje afixa uma taxa de desemprego que ronda os 5%, um sonho para qualquer Governo francês” diz Carlos Pereira. A análise é feita pelo prisma do primeiro-ministro António Costa, da (ainda) presidente do FMI Christine Lagarde, do (ainda) comissário europeu Pierre Moscovici e do economista Francês Christian de Boissieu. “São olhares cruzados sobre a situação económica portuguesa, mas contudo, convergentes”.

 

As relações económicas entre a França e Portugal são detalhadas pelo atual diretor da AICEP em Paris, Rui Almas. “Damos destaque a duas empresas que trabalham entre os dois países. Por um lado a francesa Nexity que investiu fortemente em Portugal e por outro lado, a portuguesa Alves Ribeiro que tem um enorme investimento em França com o projeto Silk Road Paris” explica Carlos Pereira.

 

“Nesta edição da Bilateral impunha-se também fazer um ponto da situação sobre as mudanças internas na nossa Câmara de Comércio, primeiro com o reforço de novos administradores, depois com a venda de 75% do Salão do imobiliário Português em Paris e de 80% da editora CCIFP Editions e com a reativação do nosso conselho estratégico e de desenvolvimento. Esta é uma oportunidade para explicar todo este processo” diz o presidente da CCIFP. Carlos Vinhas Pereira explica ainda que a Câmara de Comércio iniciou um processo de articulação nacional com as associações empresariais franco-portuguesas descentralizadas. “Neste quadro, queríamos dar a conhecer uma dessas associações, o Portugal Business Club de Lyon, e, como já era habitual, damos especial destaque à Delegação da CCIFP na região PACA, no sul da França”.

 

A revista, inteiramente em língua francesa, está em distribuição atualmente, primeiro junto dos associados e dos parceiros da CCIFP e depois junto de um público mais alargado “numa rede de pontos de distribuição que estamos agora a criar de raíz” garante Carlos Pereira.

 

A próxima edição deve sair em setembro e vai abordar o tema o “Grand Paris”. “A capital francesa e a sua grande cintura está em plena mutação no quadro do projeto ‘Grand Paris’ e este é um assunto que interessa particularmente a muitas empresas portuguesas” anuncia o presidente da CCIFP.

 

Pode consultar a revista em https://lusojornal.com/bilateral/bilateral14.html.

Partilhar