NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O Turismo de Lisboa reforça em até 60% a sua comparticipação em acções de promoção internacional. Já no que toca ao mercado interno, ATL e ERT-TL as condições de comparticipação nas acções promocionais.

O Turismo de Lisboa (ATL) e a Entidade Regional da Região de Turismo de Lisboa (ERT-RL) estão a reforçar os planos de comercialização e vendas definidos em conjunto com mais de 115 empresas do sector, tendo como objectivo impulsionar a recuperação de visitantes e o negócio.

 

Enquadrados na estratégia turística da região, estes programas de promoção no mercado interno e internacional apresentam-se agora como imprescindíveis e decisivos face ao actual contexto de crise provocado pela Covid-19, explicam ambas as entidades em nota enviada à imprensa.

 

O reforço da comparticipação até 60% por parte do Turismo de Lisboa (ATL) em acções de promoção internacional é dirigido às empresas suas associadas, que vão executar propostas que rondam os 3,61 milhões de euros. De acordo com a nota do Turismo e Lisboa, estas iniciativas são maioritariamente de empresas hoteleiras (71,7%), seguidas pelas empresas de animação turística (10,1%), agências de viagens (9,1%), golfe (6,1%), comércio, cruzeiros e transportes (3%).

 

Já no que toca à captação do mercado interno, tanto a Associação Turismo de Lisboa como a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa melhoraram as condições de comparticipação das acções de promoção, tendo já sido aprovadas 14 projectos, no valor de 309 mil euros. Neste caso, 50% das candidaturas aprovadas são de empresas de animação turística, 27,8% de alojamento e 22,2% de adegas.

 

Vitor Costa, director-geral do Turismo de Lisboa e presidente da ERT-RL, destaca que “apesar das dificuldades acrescidas que as empresas vivem neste momento e, mesmo tendo estas que comparticipar financeiramente no esforço promocional que está a ser feito, a adesão a este programa foi extremamente positiva”.

Partilhar