NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Nils Henning, co-fundador da proptech portuguesa Casafari, revela que a pandemia não trouxe grandes alterações no mercado e fez crescer áreas como a de private equity, gestão de activos e desenvolvimento imobiliário.

De recordar que a Casafari fornece a base de dados mais completa do mercado imobiliário em Portugal, incluindo a Madeira e Açores. Nils Henning, em entrevista ao Diário Imobiliário, admite que a estratégia da empresa é entregar o melhor produto e serviço do mercado. “Diversificação em vários segmentos de clientes e países. Fortalecer e reforçar a nossa posição como a melhor tecnologia para as principais marcas imobiliárias”, salienta.

 

O responsável revela ainda que neste momento de pandemia, “como trabalhamos com as marcas mais conhecidas em Portugal, sentimos apenas o efeito da pandemia nos restantes - aproximadamente - 20% dos nossos clientes existentes devido à falta de reservas financeiras”.

 

Lembra também a parceria que estabeleceu recentemente com a portuguesa Proppy CRM. “Verificámos que uma em cada três empresas não está satisfeita com o sistema de CRM atual devido a tecnologias desatualizadas, sistemas complicados e mau posicionamento no Google (SEO). Isso é chocante. Nesse sentido, integramos importantes aplicações da Casafari no Proppy para fornecer aos clientes uma tecnologia de ponta abrangente, com um desempenho significativamente melhor do que qualquer outra solução no sector imobiliário”, esclarece Nils Henning.

 

O co-fundador da Proptech, adianta ainda que pretendem ser o melhor amigo dos profissionais do sector imobiliário, automatizando o trabalho manual, fornecendo os melhores dados para acelerar as decisões de investimento e dando acesso a um conjunto de aplicações (CRM, Marketing, Fornecimento de propriedades, Metasearch, ACM, geração de leads etc.) acessível a partir de uma interface simples.

 

Quanto ao futuro do mercado imobiliário português, Henning refere que o mercado imobiliário português não sofreu uma correção, “portanto não houve desvalorização e não haverá desvalorização no futuro próximo. Durante a pandemia, as atividades (novas listagens, alterações de preços, vendas, etc.) diminuíram extremamente (comparáveis à hibernação), mas o mercado está, actualmente, a recuperar novamente. Ainda existe uma forte procura por moradias e uma forte procura externa por imóveis premium”.

 

De recordar que Nils Holger Henning e Mila Suhareva (fundadores da Casafari)já fundaram e desenvolveram múltiplas startups com avaliações entre os 100 milhões e 600 milhões de euros.

 

A Casafari chegou ao mercado nacional em 2018 e já domina o sector, trabalhando com as maiores marcas e grupos imobiliários em Portugal. Utiliza a inteligência artificial e é a única empresa no mundo que agrega e atualiza diariamente a informação do mercado imobiliário de milhares de fontes de mais de 100 milhões de data points.

Partilhar