NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Bian Fang já tem luz verde do Banco de Portugal (BdP) e acaba de se tornar o presidente executivo do Bison Bank, que incorpora ativos do Banif Investimento.

O Banco de Portugal (BdP) aprovou o nome de Bian Fang para presidente executivo do Bison Bank, a empresa que incorpora os ativos do Banif Investimento vendidos pela Oitante no ano passado, revelou o grupo em comunicado.

 

“Sinto-me muito honrado pela confiança depositada em mim pela administração do Grupo Bison. Estou muito entusiasmado por poder usar toda a experiência acumulada durante a minha carreira para contribuir para o desenvolvimento do Bison Bank”, refere o gestor chinês, em comunicado.

 

Bian Fang tem “mais de três décadas no setor bancário”, o que “irá permitir levar a cabo a implementação do plano estratégico do banco através da expansão do seu core business nas áreas de Wealth Management e Investment Banking, sustentada na plataforma Euro-Asiática, assegurando em simultâneo uma forte cultura e estrutura de gestão de risco”, refere o Bison Bank na mesma nota.

 

O nome de Fang Bian substituiu o de Pedro Oliveira Cardoso, inicialmente proposto para o cargo, que foi um dos gestores que passaram pela administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD) no período crítico de 2008 a 2012, em que o banco público aprovou “várias operações ruinosas”, segundo a auditoria da EY a 15 anos de gestão da instituição.

 

Como noticiou o ECO no final do ano passado, essa auditoria estará na posse do Banco Central Europeu (BCE) e cerca de 14 gestores que passaram pela CGD nessa altura arriscam chumbo do regulador, caso sejam propostos para cargos de gestão no setor bancário.

Partilhar