NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

No âmbito do projeto IANOS e para o piloto da Ilha Terceira (Açores), a Efacec Energia irá desenvolver um conceito inovador de transformador de distribuição, o transformador hibrido digital.

No âmbito do projeto IANOS e para o piloto da Ilha Terceira (Açores), a Efacec Energia irá desenvolver um conceito inovador de transformador de distribuição, o transformador hibrido digital, com a capacidade de ajustar e regular a tensão de saída durante o funcionamento, para fazer face ao aumento da variabilidade do consumo e ao aumento da capacidade de geração instalada, possibilitando o controle independente de cada fase, assim como a potência ativa e reativa ou compensação de desequilíbrios, que não podem ser fornecidos por transformadores convencionais. Este transformador contará com outros conceitos inovadores em termos de projeto de circuitos magnéticos e elétricos, em termos de layout estrutural, e na seleção e utilização de novos materiais, dielétricos biodegradáveis e materiais de classe de alta temperatura mais eficientes e amigos do ambiente. A integração de sensores e uma unidade de controle local permitem a otimização da operação e posterior exploração dos dados disponíveis neste ativo.

 

Para o piloto da Ilha Terceira, a Efacec Electric Mobility irá desenvolver e construir dois protótipos de carregadores de veículos elétricos, de elevado rendimento, com características de trânsito bidirecional de potência, permitindo a funcionalidade V2G (Vehicle-to-Grid) e capacidade de suporte à rede. No projeto pretende-se explorar estas capacidades de forma a implementar a programação de perfil de carga dinâmica (agendamento inteligente de carga/descarga) para evitar restrições de rede, suporte/regulação de tensão, regulação de frequência de rede em coordenação com o controle de geração automática do sistema. As características inovadoras do carregador permitirão também o desenvolvimento de novos casos de uso relacionados com participação em modelos de negócio de agregação de consumidores/produtores, ou a prestação de serviços de suporte à rede. No âmbito do projeto, está igualmente previsto o desenvolvimento de uma arquitetura e camada aplicacional evolutiva e orientada para um novo conceito de V2X (Vehicle-to-everything) que potenciará o papel do da mobilidade elétrica no sistema elétrico.

Partilhar