NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

As exportações da Zona Euro para o resto do mundo subiram 2,7% para 2,345 biliões de euros, enquanto as importações de fora para a área do Euro aumentaram 1,5% para 2,119 biliões no ano passado.

A Zona Euro registou, em 2019, um excedente 225,7 mil milhões de euros no seu comércio externo de bens, valor que compara com 194,6 mil milhões registados no ano anterior, divulgou esta sexta-feira o Eurostat.

 

De acordo o gabinete de estatísticas comunitário, no ano passado, as exportações da Zona Euro para o resto do mundo subiram 2,7% para 2,345 biliões de euros, enquanto as importações de fora para a área da moeda única aumentaram 1,5% para 2,119 biliões de euros, isto na comparação homóloga.

 

Por seu lado, o comércio dentro da Zona Euro ascendeu a uma verba total de 1,965 biliões de euros em 2019, um aumento homólogo de 0,9%. No que toca ao total da União Europeia (UE), a balança comercial referente ao comércio externo registou, em 2019, um excedente de 200,3 mil milhões de euros, após 151,8 mil milhões registados no ano anterior.

 

No ano passado, as exportações para fora da UE subiram 3,5% para 2,132 biliões de euros e as importações aumentaram 1,3% para 1,932 biliões, na comparação homóloga.

 

Os principais parceiros comerciais da UE foram, novamente, os Estados Unidos e a China.

 

Dentro da UE, o comércio interno atingiu um montante de 3,057 biliões de euros em 2019, mais 1,4% do que em 2018.

Partilhar