NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

A AEP, no âmbito do seu projeto Business On The Way 2019, está a promover a participação de empresas portuguesas numa Ação de Prospeção ao Cazaquistão, de 27 a 31 de maio de 2019.

O Cazaquistão é a maior economia da Ásia Central e um mercado potencial superior a 18 milhões de habitantes, sendo Almaty (com cerca de 1,8 milhões de habitantes) a sua maior cidade em termos económicos, culturais e educacionais.

 

É objetivo desta missão, possibilitar às empresas portuguesas o estabelecimento de contactos com o tecido empresarial cazaque, através de reuniões previamente agendadas com empresas compradoras/importadoras e outras entidades, de acordo com o perfil de cada participante.

- Porquê o Cazaquistão?
. Porque a economia cazaque se baseia nas exportações de petróleo, que representam 36 por cento do valor das exportações e 30 por cento do orçamento de Estado, de metais não ferrosos (17 por cento) e ferrosos (16 por cento), terras-raras e cereais (9 por cento).


. Com um crescimento anual de 4,4 por cento, trata-se porventura do mais estável de todos os Estados que emergiram da antiga União Soviética que é ao mesmo tempo uma ponte fiável para o espaço económico da CEI, região do Cáspio e Ásia Central.


. O Cazaquistão investe, agora, na criação e modernização de infraestruturas, potenciando o desenvolvimento de outros sectores da economia, e em especial o da construção civil.


. As autoridades cazaques incentivam a construção de habitação, os planos de desenvolvimento turístico, os projetos de parques tecnológicos, industriais e logísticos, a modernização da rede de transportes e dos parques hospitalar e educativo.

. De um total de 118 elementos da Tabela Periódica, os subsolos do Cazaquistão guardam reservas dos 99, com destaque para volfrâmio (50 por cento da reserva mundial), urânio (19 por cento); chumbo (19 por cento), zinco (13 por cento) e metais não ferrosos (10 por cento) permitindo desenvolver um potencial económico complexo e diversificado.

- Setores de maior interesse
. Calçado de couro; Vestuário segmento médio-alto; Equipamento médico e produtos farmacêuticos; Acessórios para tubos, caldeiras e conexões; Alimentação e bebidas: carne de aves.; peixe e conservas de peixe; leite e derivados; produtos de confeitaria; açúcar; snacks; frutas e legumes, frescos e em conserva; etc.; Cosméticos e perfumaria; Artigos de iluminação e decoração de interiores; Mobiliário; Fertilizantes à base de nitrogênio; Lubrificantes; Equipamentos para as indústrias alimentar, de construção, petroquímica, etc.; Centrífugas e outra maquinaria; Equipamentos elétricos; Aparelhos mecânicos; Indústria de impressão e estampagem; Metalomecânica associada ao ferro e ao aço; Produtos químicos, plásticos e polímeros; Madeira e cortiça; Serviços de tratamento de resíduos sólidos; Energias renováveis, Indústria de turismo.

Neste contexto, a AEP convida as empresas a participarem neste evento, para o qual se solicita o envio do Formulário de Inscrição. Ação com financiamento de 50 por cento dos custos elegíveis no âmbito do PORTUGAL2020 | COMPETE 2020.

Consulte as Condições de Participação.

- Prazo de inscrição: até 19 de abril de 2019. Inscrições limitadas.

Partilhar