NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O hipódromo de Paris Longchamp é reconhecido internacionalmente como um dos mais exigentes circuitos de corridas de cavalos a nível mundial.

A Bysteel, uma empresa do grupo português dst dedicada às construções metálicas, foi distinguida com dois prémios pela obra efetuada para o novo hipódromo de Longchamp, em Paris, considerado obra de estrutura metálica emblemática na Europa

 

O projeto da Bysteel venceu nas categorias de ‘Mérito 2019’ e ‘Escolha do público’ no ‘European Steel Design Awards’.

 

“O hipódromo de Longchamp Paris venceu, por Portugal, duas categorias do ‘European Steel Design Awards’, o mais importante concurso do setor de aço que premeia, de dois em dois anos, promotores, arquitetos e construtores, responsáveis pela edificação de obras de estrutura metálica mais emblemáticas em toda a Europa. O projeto, com intervenção da Bysteel, empresa do dstgroup, arrecadou o ‘Prémio Mérito 2019’ e ainda o ‘Prémio do Público’, este último eleito por votação direta entre os 12 nomeados para esta categoria”, revela um comunicado da empresa portuguesa.

 

De acordo com essa nota, “os prémios foram atribuídos pelo ‘European Convention for Constructional Steelwork’, no Museum of Musics Instrument, numa cerimónia que decorreu ontem [dia 2 de abril] ao final da tarde, em Bruxelas”.

 

“O projeto foi apresentado a concurso pela CMM – Associação Portuguesa de Construção Metálica e Mista -, também promotora do ‘Portugal Steel Design Awards 2019’, por se tratar de uma obra com intervenção da portuguesa Bysteel”, explica o referido comunicado.

 

Segundo este mesmo documento, “o hipódromo de ParisLongchamp é reconhecido internacionalmente como um dos mais exigentes circuitos de corridas de cavalos a nível mundial, sendo o palco da mais bela corrida de cavalos do mundo, a corrida do Arco do Triunfo”, acrescetnado que este espaçoa “foi imortalizado por pintores como Édouard Manet e era um dos locais preferidos de Degas, que, ao longo da vida, pintou 90 quadros relativos a corridas de cavalos”.

 

“O projeto de renovação do hipódromo de Longchamp, agora designado por hipódromo ParisLongchamp, é de autoria do arquiteto Dominique Perrault e contemplou a demolição de todas as bancadas construídas nos anos 60 e a sua substituição por uma única bancada – a nova ‘Jockey Club Tribune’ –, que é simultaneamente mais compacta e funcional do que as originais”, avança o comunicado da Bysteel.

 

A Bysteel assinala ainda que “integrou o projeto de remodelação da ‘Tribune du Jockey’, nomeadamente através da conceção, fabrico e construção das estruturas metálicas e sistemas de fachada em alumínio e vidro, contribuindo de forma decisiva para a renovação deste importante espaço, inaugurado em 1857 por Napoleão III”.

 

A ‘Tribune du Jockey’, com 160 metros de comprimento e 23 metros de altura, apresenta uma “forma inclinada inspirada no movimento de um cavalo puro sangue a galope” e acolhe até 10 mil pessoas, contando com quatro pisos e um restaurante no último piso, sobre uma estrutura em consola de grandes dimensões, com 23 metros de vão.

 

“Recorde-se que, já na edição anterior, um dos ‘Prémios Mérito 2017’ foi entregue ao Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, no qual também a Bysteel foi responsável pelo fabrico, construção e conceção estrutural das ligações da estrutura metálica”, destaca o comunicado em questão.

 

Para o presidente do conselho de administração do dstgroup, José Teixeira, os prémios “são o reconhecimento internacional do trabalho da Bysteel, que é também distinguida neste prémio não só pela qualidade, rigor, eficiência, mas também pela apurada exigência técnica e de inovação que coloca ao serviço dos mais desafiantes projetos nacionais e internacionais.”

Partilhar