NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Os interessados neste programa de formação remunerado podem inscrever-se até 31 de julho através do site da tecnológica.

A tecnológica portuguesa Glintt está a recrutar cerca de 50 jovens das áreas de Ciências Farmacêuticas, Engenharia Informática, Sistemas e Tecnologias de Informação, Bioengenharia, Engenharia Biomédica e Gestão para a Edição 2018 da Academia a que dá nome.

 

A Academia Glintt é um programa de formação remunerado que pretende integrar jovens recém-formados no mercado de trabalho. Tem a duração de 12 meses e permite aos participantes trabalhar em projetos reais da empresa, sempre com o acompanhamento de elementos seniores, de forma a proporcionar a aquisição de conhecimento e experiência em ambiente real de trabalho.

 

A multinacional de TI (tecnologias de informação) já integrou nos quadros mais de 150 jovens através desta iniciativa, tendo sempre como objetivo ficar com todos os participantes.

 

“As duas edições da Academia Glintt receberam cerca de 2250 candidaturas e só a edição de 2017, que ainda está a decorrer, teve mais de 1300. A taxa de retenção dos participantes na empresa é muito alta, uma vez que o objetivo é ficar sempre com todos. Em 2016, entraram nos quadros 75 dos 74 academistas”, contabiliza Inês Viana, manager de RH da Glintt.

Partilhar