NewDetail

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

O défice da balança comercial de bens também aumentou em março.

As exportações cresceram 3,8% em março, mas as importações aceleraram mais. De acordo com os dados divulgados, esta sexta-feira, pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE), as importações subiram 12,1% no mesmo mês.

 

"Em março de 2019, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de +3,8% e +12,1%, respetivamente, desacelerando ambas face ao mês anterior (+4,7% e +12,7% em fevereiro de 2019, pela mesma ordem).

 

Destaca-se o aumento das exportações de Material de transporte (+16,7%), com um contributo de +3,1 p.p. para a taxa de variação homóloga total", pode ler-se no relatório do INE.

 

Excluindo os combustíveis e lubrificantes, as exportações aumentaram 5,5% e as importações cresceram 12,5%, valores que comparam com +7,4% e +13,2%, respetivamente, em fevereiro de 2019.

 

Com isto, o défice da balança comercial de bens totalizou 1.895 milhões de euros em março de 2019, correspondente a um aumento de 573 milhões de euros face ao mês homólogo de 2018, de acordo com a agência de estatísticas.

 

Já em termos trimestrais, nos primeiros três meses do ano as exportações e as importações de bens aumentaram, respetivamente, 4,0% e 13,4% face ao mesmo trimestre do ano anterior.

Partilhar