AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Na 20ª edição do Concurso de Vinhos e Bebidas Espirituosas, organizado em Moscovo, durante a maior feira de produtos agroalimentares da Rússia “PRODEXPO”, 88 vinhos portugueses de 18 produtores, foram galardoados com múltiplos prémios:dois Grand Prix (prémio máximo do Concurso atribuídos à Adega de Favaios e à Casa Ermelinda Freitas),duas medalhas “Estrela ProdExpo”, 47 medalhas de Ouro e 37 de Prata.

A Casa Santos Lima arrebatou 16 prémios, entre as quais, dez medalhas de Ouro com os vinhos brancos “Bonavita 2017” e “CSL Reserva 2016” e os tintos “Colossal Reserva 2015”, “Bonavita 2016”, “Quinta das Setencostas 2015”, “Valcatrina 2016”, “OMG 2015”, “Caçada Real 2016”, “Quinta do Espírito Santo 2015” e “Quinta do Espírito Santo Reserva 2014”. As seis medalhas de Prata foram atribuídas aos vinhos brancos “Portuga 2017”, “Quinta das Amoras Leve 2017”, “CSL Fernão Pires 2017” e aos tintos “Corvos de Lisboa 2016”, “Portuga 2016”, “Fortíssimo 2016”.

 

A Casa Ermelinda Freitas, agraciada com o mais importante prémio da competição “GRAND PRIX” com o vinho tinto “Casa Ermelinda Freitas - Merlot Reserva 2015” foi ainda galardoada com 14 medalhas, das quais oito de Ouro (Dona Ermelinda Reserva 2015, Vinha da Valentina Premium Tinto 2015, Vinha do Rosário - Touriga Nacional 2016, Vinha do Rosário Reserva 2015, Casa Ermelinda Freitas - Cabernet Sauvignon Reserva 2014, Quinta da Mimosa 2015, Casa Ermelinda Freitas - Sauvignon Blanc 2016) e seis de Prata (“Vinha da Valentina Reserva Signature 2015”, “Vinha da Valentina - Touriga Nacional 2016”, “Vinha do Rosário - Syrah 2016”, “Vinha do Torrão Reserva 2015”, “Casa Ermelinda Freitas - Syrah Reserva 2015”, “Casa Ermelinda Freitas - Sauvignon Blanc & Verdelho 2016”).

 

A Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões, conquistou 15 prémios, destacando-se duas medalhas “Estrela ProdExpo” (Adega de Pegões Trincadeira 2015” e Rovisco Pais Reserva 2015”), 7 de Ouro (“Adega de Pegões Syrah Red 2015, “Adega de Pegões Alicante Bouschet 2015, “Adega de Pegões Colheita Selecionada Tinto 2014, “Adega de Pegões Colheita Selecionada Branco 2016, “Fontanário de Pegões Reserva Tinto 2013, “Portinho do Covo Tinto 2016, “Rovisco Pais Premium Tinto 2016”) e seis de Prata (“Vinhas de Pegões Touriga Nacional 2016, “Vinhas de Pegões Verdelho 2016, “Fonte do Nico Ligeiro Rose 2016, “Portinho do Covo Branco 2016, “Rainha do Mar Tinto 2016, “Sobreiro de Pegões Premium Tinto 2016).

 

A Adega Cooperativa de Cantanhede ganhou seis medalhas: quatro de Ouro com os vinhos tintos “DOC Bairrada Marquês de Marialva Grande Reserva 2011, DOC Bairrada Marquês de Marialva Baga Reserva 2014, fortified IG Beira Atlântico Cantanhede Seleção 2015 e duas de Prata com o tinto DOC Bairrada Marquês de Marialva Colheita Selecionada 2014 e o branco DOC Bairrada Marquês de Marialva Arinto Reserva 2016”.

 

A Adega Cooperativa de Favaios, foi galardoada com o mais importante prémio da competição “GRAND PRIX” com o “Moscatel Favaios 1999” e ainda três medalhas de ouro com o Moscatel do Douro Favaíto, o Porto Monge 10 Anos” e o espumante Favaios Rose e uma de Prata com o Encostas de Favaios Branco”.

 

O produtor Sociedade Agrícola D. Diniz venceu 5 medalhas, entre elas três de Ouro com o branco “Fonte da Serrana 2016”, tinto “Monte da Ravasqueira Clássico 2016”, e “Vinha das Romãs 2014”, e duas medalhas de Prata com o tinto “Fonte da Serrana 2016” e o branco “Sauvignon Blanc 2016”.

 

O produtor Manzwine, obteve três medalhas de Ouro com os vinhos “Pomar do Espírito Santo Reserva 2013”, “Douro Reserva 2013” e “Manz Lisboa” e uma de Prata (“Contador de Estorias Reserva 2015”).

 

O Monte dos Perdigões recebeu duas medalhas de Ouro (“Poliphonia Signature 2013” e “Tapada do Barão Red 2016”) e 2 de Prata (“Poliphonia Reserva Red 2014” e “Poliphonia Reserva White 2016”).

 

A Enoforum ganhou duas medalhas de Ouro com os tintos “Real Forte 2016”, “Millennium Tinto 2016” e 1 de Prata “Alent Premium Red 2014”.

 

A Adega Cooperativa de Ponte de Lima venceu uma medalha de Ouro com o vinho verde “Loureiro Colheita Selecionada” e 2 de Prata (vinho verde Loureiro e vinho verde Rosé).

 

Com uma medalha de Ouro e outra de Prata, foram laureados os vinhos de cada uma das seguintes empresas: Quinta das Arcas (“Conde Villar Alvarinho 2016” e “Tapada de Villar Reserva Alentejo Tinto 2013”), Quinta de Porrais (“Quinta de Porrais 2014 tinto” e “Quinta de Porrais 2017 branco”) e Quinta do Conde (branco Arrivederci 2017” e tinto “Canoa 2016”).

 

Com uma medalha de Ouro destacou-se igualmente o produtor alentejano LCPS, com a aguardente de uva LPS Parra Verde.

 

Os vinhos “Estreia Loureiro Grande Escolha” e “Estreia Rosé” da Viniverde conquistaram medalhas de Prata.

 

Com medalhas de Prata foram igualmente distinguidas a Adega Cooperativa de Redondo (tinto “Porta da Ravessa Reserva Regional Alentejo 2015”), a Casa de Vila Verde (branco “Tiroliro Alvarinho 2017”), e a Sociedade Agrícola Encosta da Vila (brandy “Potenza”).

 

A cerimónia da entrega dos Prémios, contou com a presença de várias empresas comerciais russas do setor (importadores, grossistas, retalhistas) e órgãos de comunicação social.

 

O Concurso contou com a participação de mais de 232 fabricantes, russos e estrangeiros, e cerca de 950 bebidas originárias de mais de 25 países.

 

Fizeram parte do Júri do Concurso, representantes do “Instituto Russo de Bebidas, Bebidas não-alcoólicas e do Vinho”, do “Instituto Russo da Biotecnologia Alimentar” e da “Associação Internacional de Sommeliers da Rússia”.

Partilhar