Páginas - TestemunhosEstagiários

AICEP
Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal

CABEÇALHO

Contact Us


Homepage » InovContacto

Estagiários | Testemunhos INOV Contacto | Estágios Internacionais

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Diogo Azevedo

 

 

"Quando aceitei o desafio do INOVContacto não sabia o que se adivinhava mas este país acabou por ensinar-me mais do que eu esperava. Aqui cresci mais um bocadinho. Das dunas quentes do Sahara às paredes azuis de Chefchaouen, da azáfama que é Casablanca à tranquilidade das pequenas vilas berberes, da terra vermelha do Atlas ao verde que floresce no Rif, dos muros rudimentares de Marraquexe aos detalhes coloridos que encontro nas medinas ou das tradições religiosas que fazem parte do dia-a-dia face às mentalidades progressivas de quem tenho encontrado. Marrocos é um país feito de contrastes difíceis de traduzir por palavras e que só vivendo aqui poderia ter aprendido."

 

Diogo Azevedo

C23 – Vibeiras Maroc, Casablanca, Marrocos

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Ana Rafaela Mendes

 

 

 

 

 

"Passados quase 6 meses sei que já cresci tanto a nível profissional como pessoal e sendo da área de marketing, não poderia pedir para estar noutro lugar senão aqui. Poder experienciar as inúmeras ações que centenas de marcas fazem para prenderem a atenção do consumidor neste ambiente frenético que convida à criação e inovação, é sem dúvida inspirador.

 

Durante o meu estágio na Vista Alegre USA tive oportunidade de representar a marca em feiras da especialidade como a Tabletop Show e NY NOW onde pude tanto ver como a empresa se adaptou e continua a adaptar-se ao mercado dos EUA, como as diferenças existentes com o mercado português. Aqui tudo é diferente, e podemos até pensar que conhecemos bem a cultura americana, mas do nada acontece algo inesperado e foi isso que tornou esta minha experiência tão especial: aprender a esperar o inesperado. Obrigada Inov Contacto."

 

Ana Rafaela Mendes

C23 – Vista Alegre USA Corporation, Nova Iorque, EUA

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Ricardo Bastos Dias

 

"O INOV Contacto mudou a minha vida. Parti de malas e bagagens para um destino que não escolhi, mas que rapidamente se tornou uma casa. A partir do programa, tive a oportunidade partir para os EUA, onde trabalhei, cresci e vivi experiências únicas. O INOV Contactou abriu-me as portas para chegar mais longe. Os EUA significaram, para mim, um crescimento a nível pessoal e profissional: trabalhei com pessoas de todo o mundo, apostei em formação na Harvard University e criei relações que se mantêm até hoje."

 

Ricardo Bastos Dias

C20 – Louis Karno & Company Communications, Concord NH, EUA

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Joana Branco Morais

"Aquisição de novos conhecimentos na área que me apaixona. Consegui trabalhar em várias áreas do início ao fim e todas elas enriqueceram o meu conhecimento de forma positiva. A variedade de tarefas que empenhei trouxe-me uma visão muito clara do que realmente quero seguir e onde realmente quero estar no mundo. A possibilidade de conhecer diferentes culturas noutros países foi, sem dúvida, a cereja no topo do bolo."

 

Joana Branco Morais

C22 – smallWORLD Experience, Macau, China

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Duarte Simões

"A oportunidade de trabalhar num mercado como este foi de facto única, tendo adquirido uma experiência que me servirá bastante no meu futuro, tanto a nível profissional, como a nível pessoal."

 

Duarte da Veiga Costa Simões

C22 – ETE - Empresa de tráfego e Estiva, Barranquilha, Colômbia

 

 

 

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

  Ana Sofia Boavida

"Com este estágio tive a possibilidade de adquirir novas competências e conhecimentos na minha área que me irão ajudar num futuro profissional. Penso que não teria oportunidade de aprender tanto ou ter acesso a determinadas tecnologias em Portugal. A minha equipa de trabalho é bastante qualificada e profissional, e ajudaram-me sempre que precisei, todo o ambiente da empresa é muito aliciante e motivador. Penso que o facto de ter estado numa empresa como a Genentech, e na área industrial, me vai abrir algumas portas. "

 

Ana Sofia Boavida

C22 – Genentech, São Francisco, EUA

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  

  Guilherme Amorim

 

 

 

 

 

"Foi um enorme prazer para mim ter atravessado todas as fases desde programa. Recordo com um sorriso os momentos vividos desde o preenchimento do formulário inicial até ao regresso a solo nacional, passando pelo momento de euforia quando soube que tinha sido selecionado a dois dias do Campus.
A vossa organização, o rigor e o carinho com que abraçam esta missão, fez-me perceber que, por entre os preconceitos que temos em relação ao nosso próprio país, existem pessoas e organizações que trabalham exemplarmente e nos fazem ter orgulho em Portugal.
Foi sem qualquer margem para dúvida um sonho realizado, do princípio ao final. Apesar de ter consciência à partida que poderia ser um grande marco na minha vida, é sempre uma surpresa perceber que uma experiência tem ainda mais valor depois de ser vivida. Estas vivências acompanhar-me-ão para sempre e motivar-me-ão a ser melhor a cada dia e a levar o nome de Portugal aos quatro cantos do mundo
."

 

Guilherme Amorim

C21 – Bosch, Suzhou, China 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ana Catarina Cunha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Crescimento de autonomia e responsabilidades ao longo do estágio, Equipa jovem e acessível, Aprendizagem continua, Nova área de negócio comparativamente às minhas experiências passadas."

 

Ana Catarina Cunha

C21 – APTOIDE, Shenzen, China

 

 

 

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

"Gostei muito de trabalhar para/na AICEP, de representar Portugal e do espírito de missão no estrangeiro, de apresentação e promoção do país nos EUA. Das reuniões e eventos em que participei; das pessoas que conheci, da rede de contactos que fiz, bem como das novas competências que adquiri, ao trabalhar enquanto agente público (do Estado português) no estrangeiro e trabalhando com dados económicos."

 

Henrique Guerra Tavares Gomes

C21 – AICEP, São Francisco, Estados Unidos da América

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Paulo Santos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Novembro de 2009. Um mail dado como apto, dois dias de testes, um Certificado de Inglês, um mail a ser convocado para a primeira fase do processo de seleção e sete meses depois de ter carregado no botão "Submeter Candidatura", continuava sem saber muito bem o que o futuro me reservava. Até que recebi o derradeiro mail que, sem nada em negrito, comunicava que tinha sido apurado para integrar a edição 2009/2010 do programa INOV Contacto. A dúvida estava desfeita, a incerteza morta. Como quem chora de alegria, senti o coração a pular, desta vez de contentamento e excitação. Já sabia que ia, só não sabia para onde. Mas isso não me incomodava. Esta ideia de Lotaria do Mundo agradava-me bastante. Contudo, depois de tanto tempo à espera para saber se ia ou se não ia, agora tinha que esperar ainda mais um pouco para saber para onde ia. No final de Novembro a entidade promotora do programa organizou um Curso de Práticas Internacionais (Campus), onde foram tratados temas do interesse das 550 pessoas que em breve partiriam para uma qualquer parte do mundo. Foi no último dia do Campus, mesmo no final do dia, que os 550 corações palpitantes presentes no auditório souberam, um por um, o destino que a Lotaria do Mundo lhes reservava. Quando chegou a minha vez (esta é fácil), apareceu na tela: Paulo Santos, Argélia.” (ver crónica completa)

 

Paulo Santos

C14 – Parque Expo, Argélia

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Diva Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

"A primeira vez que pensei em me candidatar ao INOV, desisti depois de ver que todo o processo de seleção era bastante rigoroso e que provavelmente nunca seria escolhida. Passou um ano. Passaram bastantes nãos. O que tinha a perder se me candidatasse à 20 edição? Nada. Candidatei-me e fiquei apta.  Chegou Janeiro, sem matching. Desespero, mais nãos no horizonte... até que 5 dias antes do Campus eis que recebo o tão esperado email!
O INOV deu-me a conhecer a uma empresa que desde o inicio acreditou em mim. O meu curriculum, de nãos para muitos, foi valorizado a 2000 km de distância, por 2 directores e outros 2 engenheiros que viram em 2 folhas uma mais valia a nível de trabalho na empresa e sobretudo de me poderem proporcionar uma verdadeira experiência profissional. Fui integrada na empresa como mais um membro, não uma mera estagiária. Tive responsabilidades. Tive tarefas e deadlines. Tive pessoas sempre dispostas a ajudar e pessoas que me ouviram nos momentos menos bons, quando pensamos nos que deixámos para trás, tudo por um grande sonho e uma grande ambição. Cresci, aprendi e continuo a aprender. Viajei em trabalho, fui a conferências internacionais e ganhei contactos de diferentes sectores. Fui convidada a ficar e aceitei. A razão? O meu trabalho, mínimo que seja, é valorizado todos os dias e todos me incentivam quando duvido de mim própria. Sinto que cresço profissionalmente a cada dia que passa e o reconhecimento enche-me de orgulho e faz-me acreditar que um dia serei uma boa profissional. Insisti, persisti e nunca desisti
.”

 

Diva Correia

C20 – BMC Moerdijk BV, Moerdijk, Holanda

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ana Teresa Azevedo Ferreira da Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Participar no Programa INOV Contacto foi a melhor coisa que podia ter feito por mim. Digo isto porque nunca tinha vivido ou estudado fora do país e nestes meses descobri muitas coisas sobre mim, sobre a minha capacidade de adaptação e resiliência que não sabia ter. Tudo isto e muito mais ganhei. Fui seleccionada para estagiar num país africano, onde nunca tinha estado e muito pouco sabia sobre o que lá se passava. Não temi. Precisava de uma mudança na minha vida e o INOV Contacto deu-me essa oportunidade de crescimento e descoberta. Conheci um país extraordinário, lindo, cheio de potencial e com pessoas que, com tão pouco no seu dia-a-dia, vivem com uma alegria imensa e contagiante. Todas essas vivências, que jamais esquecerei, foram intensificadas pelos meus amigos, colegas estagiários  e colegas de trabalho. Do dia-a-dia partilhado entre nós, ao ambiente nos locais de trabalho, às viagens excepcionais, tudo isto contribuiu para seis meses que me moldaram e me fizeram ver o mundo e as suas gentes de forma diferente. Sei que é dito muitas vezes, mas de facto o INOV Contacto mudou a minha vida e para melhor. Recomendo a todos os jovens participarem neste Programa e qualquer que seja o destino escolhido para os próximos seis meses não tenham medo, pois depende de cada um tornar esta experiência memorável.

 

Ana Teresa Azevedo Ferreira da Silva

C20 – Águas de Portugal, Maputo, Moçambique

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Vítor Lopes

 

 

"A experiência do INOV Contacto foi sem dúvida uma enorme oportunidade para desenvolver as minhas capacidades e interagir com uma cultura bastante diferente. Devo confessar que foi a melhor experiência pessoal e profissional que já tive até à data. Foi o meu primeiro trabalho e como tal, não poderia ter sido melhor, pois quando estamos fora da nossa zona de conforto sentimos que a aprendizagem é um processo tão natural e rápido que nem damos conta. No meu caso estive a estagiar ao serviço da AICEP na Embaixada de Portugal em New Delhi e participei em várias atividades que me permitiram ter contacto com profissionais de Empresas e outras Embaixadas.

… Para mim tudo isto foi uma aventura inesquecível graças ao INOV Contacto.

 

Vítor Manuel Jacinto Lopes

C20 – AICEP, Nova Deli, Índia

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Rita dos Santos Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

"Sem dúvida que o Programa Inov Contacto mudou a minha vida. Ter sido colocada na AICEP e enviada para Timor-Leste, fez dos quase sete meses de estágio a experiência mais incrível de sempre.
A excelente receção em Timor, o enquadramento e acompanhamento foram decisivos na boa integração, adaptação e desempenho durante o estágio. O fato de estar completamente fora da minha zona de conforto, aliei-me à resiliência e procurei ser o mais proactiva possível. A nível profissional, tive oportunidade de participar nas mais variadas tarefas, envolvida num ambiente super amigável, criativo e dinâmico, capacitando-me para qualquer tipo de mercado.
Toda a equipa do Inov Contacto foi extraordinária, com apoio permanente e resposta imediata.
O esforço e dedicação proporcionaram a extensão da minha colaboração na AICEP e de fato o Programa Inov Contacto é uma porta aberta para os mais ambiciosos que pretendam construir carreiras internacionais.

 

Rita dos Santos Fernandes

C20 – AICEP, Dili, Timor-Leste

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Patrícia Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"The 20th edition of the Portuguese programme of international internships – Inov Contacto | 1988 applicants, 280 selected | A long recruitment process | One metatarsal bone broken in the meantime and the worry about neither dancing in the next performance nor being able to join the programme | First time traveling to Lisbon by train with crutches and a big backpack. Yes, by my own | Match finally announced: [Bi-silque, United Kingdom, Marketing & Sales] but still depending on my bone to go | 29 centimetres of hair donated | Semi healed bone and 7 days to relearn how to walk normally, get everything ready by my own and catch the flight | Mixed feelings | A house that became a home with people from 3 nationalities | A company with teams based in different countries | That lovely British kindness | Getting into a British way of working | The 3 countries of the UK visited | 4 cities visited for work | 8 cities visited for leisure | Many English accents | New words learnt in English + Hindi | Many dishes tried | Living with 6 different cultures everyday | A pleasant and experienced work team | My longest winter ever | That British humour | Driving from the other side | A different currency | Skills reinforced and some other new earned | 12 ballet lessons | The famous crazy weather > seeing 4 seasons in only 1 day | 15 more kilos in my luggage + 6 more kilos in myself. Yes | 1053 hours of internship | 345 days from the application until the returning date | Being part of an excellent network – Network Contacto | Mixed feelings | Could be here writing and writing… and writing.
I’m more than grateful for these intense and very surprising months. Thank you all that were part of this whole unforgettable experience. See you next time somewhere over the world!"

 

Patrícia Sousa Fernandes

C20 – Bi-slique, Preston, Reino Unido

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Manuel Telhes Palhinha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O INOV Contacto na China e a experiência na Boutique Wines Asia em Xangai com o João Gago, também ele anterior INOV Contacto, foi a mais gratificante e espetacular experiência da minha vida a todos os níveis até hoje. Uma experiência que não teria sido de todo possível sem o programa INOV Contacto. Nesse sentido, a nível pessoal, gostaria de agradecer à equipa da AICEP por ter tornado esta experiência de vida possível, e especialmente à Margarida Costa, que sempre demonstrou uma atitude de apoio em toda e qualquer situação. Esta experiência mudou-me totalmente enquanto pessoa e enquanto profissional, assim como a minha visão do mundo. A AICEP de facto tem este "condão" de mudar a vida dos Contactos.
Viver fora é a melhor experiência de vida que alguém pode ter. Nesse sentido, sou e serei sempre um embaixador do programa INOV Contacto no Mundo, defendendo acerrimamente este que é um programa de primeira linha na internacionalização de talentos Portugueses além fronteiras.
O INOV Contacto, mais do que um programa de estágios internacionais, é uma experiência de vida, tão imperdível como altamente enriquecedora.

 

Manuel Teles Palhinha

C16 – Boutique Wines Asia, Xangai, China

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ana Rita Fernandes de Sousa

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Estar rodeada de aviões e fazer parte da sua construção, nunca tinha sido um pensamento muito presente na minha mente. Até ter tido a oportunidade única de ser estagiária INOV. Quando olho para trás, vejo que fui umas das candidatas mais sortudas! Não podia ter ficado em melhor empresa - EMBRAER, num país tão extraordinário como o Brasil, rodeada de pessoas fantásticas, amizades com quem ainda mantenho contacto todos os dias. Caso sejas um dos sortudos a estagiar na EMBRAER, não te atrevas a desistir! A língua, a gastronomia, os churrascos, as paisagens, os aviões, são um conjunto infinito de elementos que jamais esquecerás. E um conselho! Sê embaixador de Portugal e mostra que o nosso país tem coisas maravilhosas que superam a crise económica. O tempo vai passar a correr, por isso, aproveita cada segundo!"

 

Ana Rita Fernandes de Sousa

C19 – Embraer, São José dos Campos, Brasil

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Ricardo João Duarte Tomé

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Uma primeira experiência na minha área em projetos muito desafiantes e aliciantes dentro de uma nova cultura, desenvolvendo competências profissionais e sociais numa empresa competitiva e com um ambiente saudável com elementos disponíveis para ensinar."

 

Ricardo João Duarte Tomé

C19 – Armando Cunha, S.A., São Vicente, Cabo Verde

 

 

 

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Joana Costa Martins

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

"O ponto mais forte do estágio foi sem dúvida todo o apoio que recebi da empresa de acolhimento e colegas de trabalho. Desde o primeiro dia que todos se mostraram disponíveis a ajudarem-me na minha integração, assim como na procura de casa e carro. O ambiente de trabalho nesta empresa é excelente e não há qualquer ponto negativo que lhes possa apontar. O meu orientador, Craig Broecker, mostrou-se sempre disponível a ajudar-me no desempenho das minhas tarefas e a mostrar-me as ferramentas necessárias para o fazer de forma independente. Na verdade, tudo o que aprendi com o desempenho das minhas funções de estagiária nesta empresa levarei comigo para o resto da vida. Este estágio ajudou sem dúvida ao meu desenvolvimento e crescimento profissional enquanto engenheira química. Para além disso, mostrou-me como uma empresa portuguesa com forte presença no estrangeiro opera, sendo constituída por empregados confiáveis e simpáticos, que baseiam as suas relações na amizade e entreajuda. O sucesso do meu estágio deveu-se com toda a certeza ao bom ambiente da Hovione New Jersey gerado por todos que aqui trabalham. Qualquer estagiário que vier para aqui no futuro, terá imensa sorte em ter calhado numa empresa com gente tão dedicada."

 

Joana Costa Martins

C19 – Hovione, Nova Jersey, EUA

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Maria Gaivão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Durante o estágio sinto que me foi dada a oportunidade de crescer enquanto profissional e pessoa. Aprendi muito mais do que estava à espera e, por outro lado, foi-me dada autonomia para tomar algumas decisões importantes o que beneficiou muito o desempenho das minhas funções. Sinto que ter feito parte do projeto Universe Awareness foi uma oportunidade única que nunca vou esquecer. É um projeto diferente e que faz toda a diferença. É extremamente organizado e com uma liderança forte que perante adversidades é capaz de vingar. A equipa é única e o facto de ser internacional ajudou em muito ao meu enriquecimento cultural!"

 

Maria Gaivão 

C19 – Leiden University, Leiden, Holanda

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Telmo Rola

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Excelente receção, enquadramento e acompanhamento inicial;  Muito boas condições de trabalho, com completa disponibilidade para uso dos recursos da Embaixada na execução do trabalho;  Ambiente de trabalho amigável e exigente, com colegas de áreas diferentes e de muita experiência;  Trabalho excitante, com delegação de responsabilidades, e uma boa autonomia;  Baixo custo de vida quotidiano, com valor da bolsa adequado a uma vivência de boas condições;  Excelentes condições de segurança, tendo em conta o contexto continental e económico."

 

Telmo Rola

C19 – Embaixada de Portugal em São Tomé, São Tomé e Príncipe

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Telmo Ferreira

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"O Programa INOV Contacto foi um programa que me permitiu alargar horizontes culturais e pessoais, aconselhando-o vivamente a todos os jovens que queiram enveredar por um contacto com uma carreira internacional. A experiência pessoal numa entidade bancária portuguesa em Cabo Verde correspondeu às minhas expetativas sendo que a qualidade esperada aquando a minha candidatura foi até superada.
 A cada estagiário é atribuída uma coordenadora de estágio que ficará encarregue de todos os procedimentos e questões a desenrolarem-se ainda antes da partida para o país de destino e ao longo do estágio. As suas dezoito edições provam a sua maturidade inquestionável sendo que cada uma das exigentes etapas antes da confirmação da seleção para o programa são também de igual modo conotadas a um grau de exigência compatível com a triagem desejada pela AICEP Portugal. Nos dias do Campus toda a ansiedade dissipar-se-á com o tão aguardado momento de anúncio do país e da organização no qual vamos estar nos seguintes 6 meses das nossas vidas. Como seremos recebidos? Será fácil a adaptação? As saudades de casa vão aparecer a partir de qual mês? Após trazermos as malas cheias de histórias para recordar e contar aos nossos familiares e amigos ainda teremos acesso a uma sessão de encerramento na qual reencontraremos grande parte das pessoas que tal como nós abraçaram esta enorme aventura. Para os Inovs de todas as edições existe uma plataforma chamada de NetworkContacto que serve de elo de ligação para a manutenção de contactos realizados em cada ano da realização do programa tal como atualizações quase diárias sobre os mais interessantes processos de recrutamento do mercado de trabalho.
Identificam-se com a cultura do Programa? Então tentem agarrar ao máximo esta oportunidade pois os obstáculos que surgirão no País para onde forem serão superados mais facilmente do que imaginam!
"

 

Telmo Ferreira

C18 – Banco Espírito Santo, Praia, Cabo Verde

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Miguel Borges

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

"É com todas as certezas que posso dizer que o Estágio INOV Contacto foi das melhores experiências que já tive até hoje.
Não só tive a oportunidade de trabalhar numa área relacionada com os meus estudos que sempre me interessou; como tive a oportunidade de o fazer num destino de sonho para qualquer estagiário INOV - São Francisco.
Passei os seis meses de estágio a conviver com os outros estagiários INOV que foram para São Francisco, e com quem criei grandes amizades; para não falar em todos os amigos que fiz em São Francisco.
O impacto que este estágio teve na minha vida, tanto pessoal como profissional, é contínuo, pois os contactos e amizades que fiz são tudo menos momentâneas, com o que aqui aprendi, nunca se sabe onde irei estar amanhã.
Estarei sempre grato a toda a equipa do programa INOV, por toda a ajuda que recebi antes, durante e depois do estágio, e principalmente por terem tornado esta oportunidade uma realidade!
"

 

Miguel Borges

C18 – Consulado Geral de Portugal em São Francisco, EUA

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Joana Correia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

"O INOV Contacto faz-nos ter orgulho no nosso País e levar além-fronteiras o que de melhor Portugal tem. Uma das mensagens que recebemos no início do estágio é que partir daquele momento somos embaixadores no mundo, e essa é uma tarefa muito nobre que tenho presente até hoje. O momento em que estás num auditório com 300 pessoas e te levantas depois de ouvir o teu nome para descobrir em que parte do mundo vais viver por 6 meses é sem dúvida das emoções mais fortes do INOV Contacto. O México estava para além dos meus sonhos, nunca tinha estado no continente americano e de repente sem saber como dou por mim a viver lá."

 

Joana Correia

C18 – Probos - Plásticos, S.A.Tultitlán, Estado de México

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

  

Eva Florindo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Ser um escritório pequeno permitiu-me experimentar fazer diferentes coisas e ganhar experiência em diferentes atividades quer através da crescente confiança que me foi depositada, quer da proximidade com os colegas de trabalho.
Simultaneamente, a dinâmica e espírito participativo dos coordenadores do escritório fizeram com que nunca estivesse parada e tivesse sempre coisas interessantes e estimulantes para fazer.
"

 

Eva Florindo

C17 – BACH Architectes, Barcelona, Espanha

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Luciana Caseiro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

"(…) Nunca acreditei muito conseguir entrar no programa devido ao meu background académico (Psicologia) por achar que este era um programa para "Gestão". Depois destes meses em Macau constato que há oportunidades para todos, mas principalmente para aqueles que têm  atitude (e alguma sorte, também). Infelizmente, "ir para o estrangeiro" parece ser a única e última oportunidade para vingar na vida. Para mim o INOV (ou a oportunidade de ir para o estrangeiro) foi uma lufada de ar fresco mas também uma oportunidade de começar uma carreira quer na minha área de estudo quer a nível internacional.
Esta edição teve algumas particularidades, das quais destaco o atraso no arranque do programa bem como o sistema de pagamento de bolsas de estágio. De facto foi, nos primeiros meses, complicado de gerir a situação, e não apenas financeiramente, mas pelo menos na minha situação e na dos meus colegas nada que a cooperação, apoio e claro, alguma dose de diversão, não resolvesse a questão. Claro que no final de uma experiência destas jamais me recordarei destas pequenas coisas que, em proporção desta experiência, não têm qualquer significado. Da minha parte, do que fiz e continuarei a fazer, este Programa não terminará e muito menos o nosso cunho por este mundo fora. Dia 02 de Dezembro voltarei para Macau. (…).
"

 

Luciana Caseiro

C16 – Sheraton Macao Hotel, Cotai Strip, Macau, China 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

António Luis Ribeiro Martins

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Bom acompanhamento e acolhimento por parte da entidade local, bom relacionamento cultural com os colegas e colaboradores da entidade.
Aumento das capacidades técnicas e profissionais e experiências vividas. Aumento do Network pessoal e profissional. Possibilidade de integração.
"

 

António Luís Ribeiro Martins

C15 – Entreposto Comercial de Moçambique, Maputo, Moçambique

 

 

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Rita Félix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Investigação numa área muito interessante como a de neurociências, onde todos os dias algo novo é descoberto. O projeto de estágio é muito interessante e com possibilidade de continuação do trabalho no futuro. As tarefas desempenhadas corresponderam às esperadas."

 

Rita Félix

C15 – Institut de Salud Carlos III, Madrid, Espanha

 

 

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nuno Gonçalves

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Ontem foi o meu último dia de estágio. Facto pelo qual estou muito triste. Pois adorei a experiência e é de facto uma pena que a empresa não esteja ainda em condições de contratar. É incrível como passaram 6 meses sem que desse conta.
Tive imensa sorte com o estágio que me calhou, aumentou as minhas competências técnicas e deu-me a possibilidade de pensar que às vezes consigo fazer melhor do que aquilo que penso. Deu-me autoestima. Ainda que sempre de pés assentes no chão, e com muita humildade sou hoje uma pessoa mais confiante. (…).
"

 

Nuno Gonçalves

C15 – LatitudeN, Darmstadt, Alemanha

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Gerson Cardoso

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

"Foi com imensa alegria e satisfação que cheguei ao final do meu estágio Inov Contacto a 01/07/2010, este estágio excedeu as minhas expetativas por vários motivos, de entre os quais resolvi destacar o principal, visto ser esse o objetivo da minha candidatura ao estágio internacional, adquirir conhecimentos e contactos locais para uma inserção profissional no mercado de estágio.
Desde muito cedo esse objetivo pareceu-me impossível de alcançar, devido ao facto de ter sido colocado numa agência da AICEP, o que normalmente é associado a fraca experiência profissional, e quase nula possibilidade de  inserção profissional no mercado de estágio, mas felizmente muito cedo isso veio revelar-se um mito, tendo em conta que, desde o primeiro dia do estágio no estrangeiro que tive um plano de estágio um projeto para desenvolver e um acompanhamento diário, e graças a esse projeto e a esse acompanhamento diário tive contacto com empresas Portuguesas e locais, e pude ver de perto a forma de trabalhar do mercado e a sua evolução, o que me possibilitou adquirir um grande conhecimento do mercado local, e mais tarde, receber uma proposta de Trabalho, a qual aceitei.
Portanto hoje posso dizer, com 100% de segurança, que participar no programa INOV Contacto foi, sem dúvida, a grande rampa de lançamento para o meu futuro no mercado de trabalho Internacional, e desde já desejo sucesso na continuação do programa.
"

 

Gerson Cardoso

C14 – AICEP Dubai, Emirados Árabes Unidos

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bernardo Pinto de Magalhães

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

 

 

 

 

 

"Quando tive conhecimento que vinha para os Emiratos Árabes Unidos, não foi a maior felicidade do mundo, devido a ser um país muito restrito e rígido no que determina a várias situações, mas isso não me deitou abaixo, encarei esta experiência como um desafio do qual saí com umas ótimas bases, e princípios no que diz a área comercial.
Quando cheguei ao Dubai, e à delegação da AICEP presente no mesmo, não fazia a mínima ideia de como iria ser o meu trabalho a desempenhar na empresa, e o ambiente presente na mesma. Fiquei logo com as melhores impressões ao contrário do que se dizia e de como era conhecida esta delegação neste país.
Deparei-me com duas pessoas bastante corretas e cujos valores transmitidos são os melhores, o que me fez crescer bastante como pessoa e como profissional.
Tenho desde já a agradecer as várias vezes que fomos repreendidos e chamados à atenção para várias situações que se passaram, só me fez crescer e creio que também aos meus companheiros de estágio Gerson Cardoso e Sergio Alheira.
Com esta vinda tive a oportunidade de conhecer um grupo de portugueses residentes no país, no qual um deles já conhecia desde a minha infância, e foi através deste meu amigo, Pedro Braga que conheci os restantes, e não foi que fui convidado para ficar por cá a trabalhar? Um novo projeto chamado PORTUGAL LINK que consiste numa empresa criada por um grupo de amigos todos de nacionalidade Portuguesa (Dr. Karim Cassam, Dr. Ricardo Pascoal, Dr. Pedro Navarro) que tem como objetivo a exportação de produtos típicos Portugueses para os Emiratos Árabes Unidos. Oportunidade que agarrei sem pensar duas vezes..
De momento a minha função é a de Sales & Business Admnistrator na empresa.
Mais uma vez um Obrigado muito especial ao Dr. Sergio Espadas  e a Sunyl Shanker , da delegação AICEP no Dubai.
.
"

 

Bernardo Pinto de Magalhães

C14 – AICEP Dubai, Emirados Árabes Unidos

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

João Vivo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

"É com imenso prazer que cheguei ao final do meu estágio Inov Contacto e digo que é com muito prazer porque este estágio excedeu as minhas expetativas. Este estágio foi a rampa de lançamento que a minha carreira precisava e que eu já estava buscando desde que terminei os meus estudos universitários. Tenho a noção que tive sorte ao ser enviado para um hotel da cadeia Starwood, porque a starwood ofereceu-me as ferramentas para trabalhar e  desenvolver uma carreira na empresa. Durante o período final de estágio fizeram uma ótima proposta de trabalho dentro da cadeia Starwood. Estou a trabalhar no novo hotel Westin Santa Fe, Cidade do Mexico que foi inaugurado em Agosto e sou Coordenador Operativo de Banquetes do Hotel. Os salões têm capacidade para um jantar que pode ir até 900 pessoas e sou a pessoa responsável por toda a operação dos eventos. Vou ter a meu cargo cerca de 30 pessoas e que em eventos grandes pode chegar a 100 pessoas. Estou infinitamente agradecido à AICEP e ao programa Inov Contacto por toda esta experiência que me proporcionou durante 6 meses e que foi sem dúvida o trampolim que necessitava para a minha carreira."

 

João Vivo

C14 – W México City, México

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Francisco Ferreira da Silva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Inscrevi-me no Inov Contacto pela oportunidade que o programa oferece em viver fora do país. E porquê? Porque já tinha passado por isso uma vez como estudante e desejava repetir a experiência. Como tal, todas as expetativas eram para a experiência pessoal resultante do destino que estivesse guardado para mim. 
Ainda em Portugal, a importância que dava à experiência profissional e pessoal já estava mais equilibrada, visto a primeira impressão da empresa ter sido muito positiva.
Até que surge a chegada ao México.
Passado um dia apresentei-me na empresa e, desde logo, tarefas não faltavam. Assim, sucessivamente, até que comecei a envolver-me cada vez com mais responsabilidade nos projetos da Wedo, e aqui creio que o mútuo interesse foi decisivo. Uma empresa de carácter internacional e que vê o seu crescimento aumentar a cada dia que passa. Uma grande oportunidade da minha parte também para crescer e aprender.
A boa disposição, a simpatia, a dedicação e o espírito de ajuda, são características comuns que aqui podemos encontrar e que fizeram com que me integrasse com muito mais rapidez do que esperava.
Sem dúvida que a experiência profissional está a ser a grande surpresa, pela positiva, da minha participação no programa. Mas esta, talvez por considerar que tanto a vertente pessoal como profissional estão interligadas, e que são as pessoas, em si, o ponto forte desta ligação num país como o México, que tem a grande capacidade de saber receber.
"

 

Francisco Ferreira da Silva

C14 – WeDo Consulting, Cidade do México, México

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Catarina Lemos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"O meu estágio tem sem dúvida nenhuma a minha cara... E se considerarmos a realização pessoal como o ponto de partida para o sucesso, posso dizer que estou feliz!
Os desastres naturais surgem inesperadamente neste nosso planeta dinâmico e, tanto Portugal, como o Brasil, viveram esta realidade recentemente. Desastres tecnológicos, como o famoso Caso Prestige (2002), são outros momentos  assustadores.
O “Homem” é chamado à responsabilidade, sendo-lhe pedida uma intervenção ativa na prevenção de possíveis efeitos maléficos adjacentes à exploração e comercialização do petróleo.
A oportunidade de ser parte da ASA permite-me, não só estruturar o conhecimento que adquiri até aqui, como também ter acesso a um know-how de elevada importância, para conseguir abordar de uma forma mais eficaz e completa esta temática em Portugal, assim como me ajuda num não menos importante desenvolvimento da noção de empreendedorismo e de competências empresariais nesta área.
É por tudo isto que o estágio INOV Contacto que realizo na multinacional ASA SA é, sem dúvida, uma mais-valia! No  desenvolvimento das minhas capacidades científicas num tema de vanguarda, no desenvolvimento de espírito empreendedor, realista e prático e, quem sabe, no primeiro passo de uma estrutura empresarial sonhada desde há algum tempo, a ASA Europa.
"

 

Catarina Lemos

C14 – ASA South America, São Paulo, Brasil

 

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Sofia Parada

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

"Passar por esta experiência valorizou-me não só profissionalmente mas também pessoalmente.
A nível pessoal sinto que esta experiência fomentou o meu espírito de iniciativa, a capacidade de luta pelas minhas conquistas e a coragem de sobreviver numa cidade denominada por “Selva Urbana”.
A nível profissional, este estágio internacional proporcionou-me um desenvolvimento que superou todas as minhas expetativas. Trabalhar numa cidade como São Paulo é estar no centro financeiro da América Latina e ter a oportunidade de absorver todos os aspetos positivos que daí advêm. Sinto-me privilegiada por ter ficado a trabalhar numa empresa que, apesar de pequena, encontra-se em forte crescimento e para a qual pude dar o meu contributo.
Esta experiência trouxe-me de mais positivo o facto de me sentir verdadeiramente realizada ao descobrir a área de trabalho em que gostaria de continuar a minha carreira profissional – Marketing!
Sinto que, participar no programa INOV Contacto foi, sem dúvida, a grande rampa de lançamento para o meu futuro no mercado de trabalho Nacional e Internacional!
"

 

Sofia Parada

C14 – José Maria da Fonseca Vinhos, São Paulo, Brasil

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Simone Ponte

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Este estágio que estou a realizar pelo programa INOV Contacto é importante tanto a nível profissional com pessoal. A nível pessoal porque estou num pais diferente e nele tenho que me adaptar, falar o seu idioma e claro procurar as coisas que necessito.
A nível profissional, posso dizer que está a ser uma ótima experiência, e sei que nele estou a aprender muito, ter a noção de como as coisas funcionam na realidade, pôr em prática a teoria lecionada na faculdade, saber como funciona o mercado, entre outras coisas. Sinceramente quando acabar o estágio sei que levo dele a prática, experiência, olhos abertos para o mercado do trabalho. Penso que este estágio poderá abrir novas portas no meu futuro
.
"

 

Simone Ponte

C13 – AICEP, Espanha

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ana Barros

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

"Há um provérbio chinês que diz: “Longa viagem começa por um passo”.
Estagiar na Sogrape através do INOV CONTACTO é um passo importante para uma viagem aliciante, pelo facto de trabalhar numa grande empresa, cuja estrutura está bem definida e organizada, quer pela sua missão e cultura empresarial como também pelo facto de ter a possibilidade de um investimento tanto a nível profissional como pessoal.
Com este estágio, mudei a minha maneira de pensar. Ao pensamento nacional “O que é nacional é bom”, adicionei um pensamento global “ Do it”. Sinto-me como se tivesse sido mordida pelo “bichinho da internacionalização” e com potencial para aumentar e valorizar a imagem de Portugal.
"

 

Ana Barros

C13 – Sogrape, Hong Kong, China

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Afonso Aires

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"O Programa Contacto é muito mais do que um estágio profissional, é uma experiência. Uma oportunidade única de aprender, de descobrir e de renascer a nível profissional, mas também pessoal.
Como contacteantes temos de deixar para trás o coro de vozes cínicas que assombram o quotidiano da nossa sociedade e abafá-las com a nossa experiência, limitada, mas rica em diversidade e horizontes abertos. Com as nossas novas explicações e com o choque que podemos e devemos proporcionar em relação ao passado.
Foi-nos dada uma oportunidade única, algo com que só alguns poderão sonhar. Existe um mundo de oportunidades à nossa frente, prontas a saciar os sonhos que inundam o nosso imaginário. Temos a oportunidade para ajudar a curar uma nação, a nossa nação,  preparando-a para o encontro com o seu destino neste novo mundo.
"

 

Afonso Aires

C13 – Cisco Systems, San José, EUA

 

 

 --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Rui Araújo

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

"Além da grande mais-valia a nível pessoal, esta experiência tem sido extremamente frutífera, também do ponto de vista profissional, desde logo porque me permitiu passar do mundo da investigação académica para a industrial, o que acarreta alterações significativas no modo como se pensa e faz ciência.
Pessoalmente, considero que viver 6 meses num país como a Roménia é uma experiência bastante rica a vários níveis: podermos assistir a vários tipos de clima, passando do frio e neve do Inverno, até ao tórrido Verão. Realizar atividades tão diversas como: fazer Ski, ir à Ópera e a determinados espetáculos culturais, que nestes países de leste são eventos bem mais baratos e democratizados, ver a nossa seleção de Rugby (Lobos) derrotar a Roménia em sua casa no último minuto; realizar diversas confraternizações com portugueses, romenos e outros estrangeiros; fazer um curso de Romeno; aproveitar os fins-de-semana para fazer algumas viagens por este país que, ao nível de paisagens naturais, é bastante rico.
"

 

Rui Araújo

C13 – PayUp, Ilfov County, Roménia

Partilhar